ÍNDIA MORENA É PATRIMÔNIO DE JABOATÃO E DE PERNAMBUCO

por Pedro Tinoco publicado 09/11/2017 19h45, última modificação 09/11/2017 19h45
Se alguém chegar na Muribeca perguntando por Margarida Pereira de Alcântara dificilmente vai conseguir alguma informação. Mas quem procurar Índia Morena - a grande Dama do Circo Pernambucano - logo logo encontrará a casa da senhora de 65 anos que é contorcionista, trapezista voadora, acrobata, cantora, ginasta e atriz. Esse verdadeiro Patrimônio Vivo (reconhecida pelo Governo de Pernambuco como tal) visitou a Câmara de Vereadores de Jaboatão hoje (09) para divulgar o seu livro: "Drama Circense". A obra de ficção conta histórias da vida no circo e foi patrocinado pela Secretaria Estadual de Cultura.

A artista já representou Jaboatão em 19 países e tem uma vida inteira dedicada à arte circense. Entretanto, assim como muitos artistas populares, passa por dificuldades financeiras. "Estou morando em uma casa condenada pela Defesa Civil e preciso de ajuda para morar em um lugar seguro", disse. Quem quiser adquirir o livro e ajudar Índia Morena pode ligar diretamente para ela no telefone 98640-8206. Cada exemplar custa R$ 30,00. Sensibilizados com a situação todos os 27 vereadores da Casa Vidal de Negreiros adquiriram a obra.

Índia revelou que, em dezembro, o livro ganhará um lançamento na Galeria dos Artistas,em São Paulo. A obra, na verdade, é uma a coletânea com 161 páginas onde constam seis tradicionais dramas encenados nos circos populares, entre eles A louca do Jardim e Lágrimas de Mãe. Ao longo da extensa carreira Índia Morena já esteve em países como Estados Unidos, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e trabalhou em grandes circos tais como o Gran Bartolo, o Garcia, o Itaquatiara, o Edson, o Águia de Prata, o Coliseu Mirim e o New American Circus. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.