LEI DAS FILAS NOS BANCOS NÃO ESTÁ SENDO RESPEITADA

por Danilo de Araújo Rodrigues publicado 10/11/2015 23h00, última modificação 18/11/2015 08h54

A Câmara de Vereadores de Jaboatão dos Guararapes deverá convidar representantes da Procuradoria de Defesa do Consumidor (Procon) para participar de audiência pública na Casa a fim de discutir melhorias para os usuários do sistema bancário da cidade. De acordo com o vereador Didinho, após um curto período de melhoria no ano passado, os bancos já não respeitam mais a legislação que prevê o atendimento aos cidadãos em até 15 minutos.

“Temos recebido reclamações de pessoas que chegam a passar cinco horas nas filas. Não são cinquenta minutos ou uma hora, mas até cinco horas na fila. Isto é um verdadeiro absurdo que precisa ser combatido. As agências não têm a mínima condição de funcionamento”, denunciou.

No ano passado o Procon de Jaboatão chegou a interditar diversas agências bancárias pelo descumprimento da Lei 395/2010. Segundo a lei das filas, os clientes devem ser atendidos em até 15 minutos, mas, em períodos sazonais, como vésperas de feriado, pode levar até 30. A máquina de emissão de senhas e os painéis mostrando em que número se encontra a fila têm que estar funcionando. A mesma lei também obriga bancos a terem banheiros à disposição dos clientes.

Numa blitz realizada pelo Proncon entre 13 e 26 de novembro de 2013, 15 agências foram multadas, o que resultou num valor de mais de R$ 1 milhão.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados